O segmento logístico demanda de equipamentos de extrema qualidade. Seja para o armazenamento de produtos ou por sua locomoção, o que se faz necessário a utilização de empilhadeiras. Nesse post, você confere algumas dicas sobre como esse equipamento funciona, recomendações sobre manutenções e onde encontrar esse tipo de equipamento. Confira.

A empilhadeira é um indispensável equipamento que tem como objetivo, realizar o transporte e locomoção de produtos. Utilizar esse equipamento apresenta diversas vantagens, como por exemplo:

  • Ótimo custo-benefício;
  • Máximo de segurança;
  • Agilidade nos processos;
  • Otimização de serviços;
  • E muito mais.

Algumas recomendações

Como já ressaltado, as empilhadeiras possuem um papel fundamental, o que se faz necessário que ela esteja sempre em bom estado. Por isso, existem algumas dicas a serem seguidas para mantê-la sempre em pleno funcionamento. 

empilhadeiras

Procedimentos diários: Verifique sempre peças como faróis e lanternas das empilhadeiras. Qualquer erro nessas peças pode significar problemas nos componentes ou até mesmo na parte elétrica do equipamento.

Confira os níveis de água e óleo no equipamento. Níveis muitos baixos e sujeiras podem ser sinais de vazamentos ou uma necessidade da troca de filtros.

Realizar o teste de potência do sistema de elevação e abaixamento da empilhadeira é algo importante. Caso esse procedimento apresente algum problema, talvez haja algum vazamento na parte hidráulica do equipamento.

A segurança do operador também é algo a ser levado em consideração. Verifique o cinto de segurança e o assento, a fim de evitar qualquer tipo de acidente no trabalho.

Procedimentos semanais: Barulhos estranhos no motor devem ser verificados de forma rápida, a fim de evitar que o problema se prolongue. Isso pode ser alguma peça fora do lugar ou até mesmo se soltando, o que deve ser corrigido imediatamente.

Realize a checagem e substituição do óleo do motor e fluidos do radiador diariamente, em um uso diário de 10 horas, é um tempo suficiente para identificar uma redução na performance dos líquidos hidráulicos. 

Faça a verificação de itens como painéis metálicos, tampas e o funcionamento das funções do painel. Podem parecer pequenos, mas esses tipos de problemas, se resolvidos cedo, podem aumentar a durabilidade da empilhadeira.

Procedimentos mensais: Faça testes na bateria, verificando a conexão entre ela e o alternador. Se a sua empilhadeira demora para ligar ou apresenta falhas constantes, pode ser que haja algum problema na conexão desses dois elementos.

Verifique o tempo de resposta de todas as alavancas de operação e controles, a fim de identificar qualquer lentidão nesses processos. 

Tipos de empilhadeiras

Empilhadeiras a combustão: Existem dois modelos de empilhadeiras que utilizam combustão: diesel e gás. A empilhadeira a gás se destaca entre alguns modelos como a elétrica, por conta de sua alta capacidade de suportar maiores cargas. Em contraponto, ela é responsável por emitir gases poluentes que podem fazer mal ao meio ambiente.

Já as empilhadeiras a diesel são as que mais suportam pesos. Pelo fato do diesel ser um combustível comum, se destaca entre os outros por ser mais acessível do que os cilindros utilizados nas empilhadeiras a gás.

Empilhadeiras elétricas: As empilhadeiras elétricas, como o próprio nome sugere, funcionam por meio de energia elétrica, provida através de baterias. Por isso, são extremamente silenciosas e, diferente das empilhadeiras à combustão, não emite qualquer gás poluente.

empilhadeiras

Porém, como esse equipamento é elétrico, sua utilização necessita de algumas precauções, como, por exemplo, não utilizá-lo em ambientes externos em dias chuvosos. Além disso, sua capacidade de suportar pesos é menor do que as empilhadeiras a combustão.

Outras recomendações sobre empilhadeiras

Além das dicas de como conservar uma empilhadeira, é necessário que a pessoa que irá utilizar esse equipamento tenha total conhecimento nessa área, como o operador de empilhadeira. Entenda a necessidade desse serviço. 

Existe uma Norma Regulamentadora responsável por definir as obrigatoriedades para o manuseio de empilhadeiras: a NR 11. Porém, em 2010, outra Norma Regulamentadora apresentou um texto que trazia novas obrigatoriedades para quem trabalha na operação desse tipo de equipamento, a NR 12.

O profissional que atua enquanto operador de empilhadeira deve possuir conhecimentos em algumas áreas, como em normas de segurança no trabalho com empilhadeiras, Técnicas de trabalho em equipe com outros operadores de empilhadeira e operadores logísticos, entre outras funções.

Onde encontrar empilhadeiras?

empilhadeiras

Aqui na Futuromaq você encontra o máximo de qualidade quando o assunto é empilhadeiras. Dispomos de uma ótima infraestrutura e com profissionais de primeira qualidade. Teremos o maior prazer em lhe atender e oferecer um serviço único. 

Para ficar por dentro de dicas e novidades, confira nosso blog. Aqui você encontra tudo o que há de novo nesse ramo. Até a próxima!!!